Início Últimas Notícias Internacionais Roger Waters alega ter sido banido do site e das mídias do...

Roger Waters alega ter sido banido do site e das mídias do Pink Floyd

232
Roger Waters
Roger Waters

No último domingo, o lendário Roger Water liberou um vídeo incrível no qual ele e sua banda fazem uma interpretação memorável da canção “Mother”, lançada pelo Pink Floyd no álbum The Wall, de 1979.

Como não poderia deixar de ser, o vídeo “correu” o mundo e alcançou um número assustador de pessoas. Contudo, foi a questão do alcance que acabou abrindo margem para uma nova disputa entre os membros do Pink Floyd… vamos entender essa história?

O vídeo de “Mother” foi o estopim da nova discussão…

Como eu destaquei, o vídeo da “nova versão” da canção “Mother” teve uma repercussão muito positiva na rede. A interpretação gerou aplausos, notícias, likes, comentários, compartilhamentos e muito mais. No entanto, parece que Roger Waters não ficou satisfeito.

Segundo o músico, o alcance do vídeo teria sido muito maior se o registro tivesse sido divulgado no site oficial do Pink Floyd e em todos os perfis oficiais da banda, nas redes sociais.

Com isso em mente, Waters utilizou seu próprio perfil no Twitter para levantar alguns questionamentos e para acusar David Gilmour de tê-lo banido do site e das outras mídias pertencentes ao Pink Floyd.

A revolta de Roger Waters

Ontem, 19 de maio, o icônico baixista do Pink Floyd lançou um vídeo falando sobre como o vídeo da canção “Mother” poderia ter alcançado um número muito maior de pessoas, se “o Pink Floyd” tivesse ajudado na divulgação. Confira…

De modo geral, Waters levantou uma série de questionamentos direcionados a David Gilmour e faz algumas acusações que podem vir a gerar uma grande discussão…

“Por que este vídeo não está disponível num site que diz ser ‘o site do Pink Floyd’? A resposta é: porque esse site não tem nada meu. O David Gilmour me baniu do site […] Os 30 milhões de seguidores daquela página estão lá por causa do trabalho que nós cinco criamos… Então, me parece justo e correto eu ter acesso ao site, para poder compartilhar os meus projetos […] O David pensa que é o dono do site. Como eu deixei a banda em 1985, acha que é o dono do Pink Floyd, que o Pink Floyd é ele, que eu sou irrelevante e devia estar calado”, declarou Roger Waters.

Além disso, o músico tocou em outro ponto importante: os canais do Pink Floyd têm sido utilizados para divulgar o trabalho de Polly Samson, esposa de David Gilmour, mas não o trabalho dele, que é e sempre será um dos criadores do Pink Floyd.

Bem, não é de hoje que Roger Waters tem um relacionamento complicado com os membros remanescentes do Pink Floyd. Isto é, esse pode ser mais um capítulo de uma história que já vem se arrastando por muitas décadas. Resta agora saber qual será o desfecho desse impasse. Vamos ficar de olho! Até a próxima…