Início Últimas Notícias Nacionais Mãe do finado Cazuza proíbe uso das canções do filho em protestos

Mãe do finado Cazuza proíbe uso das canções do filho em protestos

1093

Nos últimos dias, diversas manifestações contra o STF e o Congresso tem acontecido. Nesses atos, versos da canção “Brasil” têm sido cantados pelos manifestantes e, segundo Lucinha Araújo (mãe do finado Cazuza), utilizados de uma forma “inaceitável”.

Insatisfeita, Lucinha acionou a justiça e, amparada pela Lei, proibiu a utilização das canções de Cazuza em manifestações e eventos semelhantes aos que têm acontecido… vamos entender melhor essa história?

“Brasil, mostra a tua cara…”

A clássica canção “Brasil”, foi lançada no álbum Ideologia (1988) e teve como autores, o lendário Cazuza, George Israel e Nilo Romero. Os versos da canção têm uma poderosa mensagem política e, por isso, alguns apoiadores do Presidente Jair Bolsonaro resolveram cantá-la em suas manifestações contra o STF e o Congresso.

Entretanto, Lucinha Araújo, que luta há anos para manter o legado musical do filho, julgou que a utilização da canção, nos contextos em que ela está sendo utilizada, é algo “inaceitável”.

Segundo as informações, Lucinha se mostrou muito insatisfeita com a situação e resolveu recorrer à Lei para evitar que a situação se repita.

Assim, tomando como base o artigo 29 da Lei dos Direitos Autorais, a mãe do finado Cazuza emitiu um parecer, por meio da Fundação Viva Cazuza:

“Qualquer um que desrespeite a proibição estará sujeito à aplicação das sanções civis e penais cabíveis em virtude de violação de direitos autorais”.

Além disso, a mensagem também deu uma “alfinetada” nas manifestações, ao se posicionar a favor do isolamento social e da democracia.

“Seguimos as orientações da OMS, que recomenda que a população fique em casa, em isolamento. Pensando no bem de todos, sendo solidários e trabalhando para diminuição do sofrimento e privação dos mais vulneráveis”.

Resumindo, os protestantes terão que buscar por uma nova trilha sonora para embalar seus atos ou estarão sujeitos às punições cabíveis. Até a próxima!

Artigo anteriorDoja Cat e Nicki Minaj alcança 1.º lugar na Billboard Hot 100 com remix de “Say So”
Próximo artigoRise Up New York! Confira os destaques do memorável evento beneficente
Saudações! Me chamo Yohan Bravo e sou um Ghostwriter que, vez ou outra, assina as próprias obras. Aqui no PurePop, eu contribuo escrevendo sobre uma das minhas grandes paixões: a música (mais precisamente, sobre o meu amado Rock and Roll).