Início Últimas Notícias Lançamentos “Modo Solteira”: Karollina lança clipe onde fala sobre o poder feminino

“Modo Solteira”: Karollina lança clipe onde fala sobre o poder feminino

183

Términos de relacionamento não costumam ser o tipo de assunto preferido, de maneira geral. Mas com “Modo Solteira”, Karollina mostra que é possível sim, dar a volta por cima e um passo adiante.

Uma semana após lançar o single em todas as plataformas de streaming, o clipe chega nesta sexta-feira (4) no YouTube e traz pautas sobre a força da mulher e o “pós-luto”.

Cantora, compositora e atriz, a mineira mostra a que veio, num cenário envolvendo motos, efeitos e um figurino ousado, bem diferente de quando interpretou Karol em High School Musical: O Desafio (2010). E a inspiração não poderia ter sido melhor: a “Bad World Tour”, de Michael Jackson, o VHS favorito de sua infância: “Eu quis trazer a experiência dos shows ao vivo a partir da minha inspiração nessa turnê”, conta.

Segundo Karollina, as luzes, cenas e coreografia foram pensadas de acordo com a energia que ela queria transmitir nesse momento da carreira e de vida: “Queria que fosse dançante e enérgico (o clipe), além de gerar a sensação do ao vivo no público”.

E se é para entregar, ela faz TUDO! Gravado em São Paulo, no estúdio Serginho Produções, toda a iluminação e estrutura foram pensadas para a experiência. E por além disso, as mídias sociais, claro, não poderiam ficar de fora. Além do filtro “Modo Solteira” para o Instagram, disponível no perfil da cantora, a coreógrafa Ramana Borba, conhecida pelas danças de TikTok de artistas como Pedro Sampaio e Luísa Sonza ficou responsável por criar a coreografia específica para a rede.

Partindo para um viés independente, Karollina já definiu muito bem qual trilha pretende seguir em sua carreira.

— É um momento em que, pela primeira vez, eu não estou seguindo as regras de mercado para o meu segmento. Seja no figurino que funciona, ou nos rebolados que dão certo, estou entregando toda a minha verdade sem ter que me encaixar nesses rótulos. Quis entregar para o público algo que eles pudessem curtir desde a balada virando a noite, até mesmo em uma festa de família onde as crianças também possam assistir – finalizou.

Artigo anteriorAna Pacco e MC Gabriel unem pop ao funk em “A Melhor do Ano”
Próximo artigoSensação da web, banda The Linda Lindas anuncia seu álbum de estreia
Olá! Meu nome é Beatriz Chiessi e sou formada em Gestão Empresarial. Fã da Aggretsuko, apaixonada pelos filmes do Studio Ghibli, Simmer assumida e astronauta do Astroneer.