Início Últimas Notícias Internacionais Ontem foi dia do Rock bebê!

Ontem foi dia do Rock bebê!

667

Dia 13 de julho é um dia muito especial para os fãs de Rock, especialmente no Brasil: É o dia do Rock.  

Nesse dia, várias cidades brasileiras organizam eventos com shows de importantes artistas e bandas de Rock nacional e internacional.

Saiba mais sobre esse dia e porque é conhecido como Dia “Mundial” do Rock, mesmo sendo comemorado principalmente no Brasil. 

Origem do dia do Rock

No dia 13 de julho de 1985 foi realizado um dos principais eventos de Rock da história, o Live Aid

O objetivo do evento era conscientizar a população mundial sobre a pobreza e a fome que a população da Etiópia enfrentava.

Dessa forma, com a realização do evento, estima-se que foram arrecadados 150 milhões de libras que seriam doados para o país africano. 

Assim, foram feitos grandes shows simultâneos no Estádio Wembley (Londres, na Inglaterra) e no Estádio John F. Kennedy (Filadélfia, nos Estados Unidos).

Shows menores também aconteceram na Austrália, no Japão e na Rússia.

Diversos artistas e bandas renomadas da época marcaram presença nos shows como, por exemplo:

  • The Who;
  • Status Quo;
  • Led Zeppelin;
  • Elton John;
  • Dire Straits;
  • Madonna;
  • Queen;
  • Joan Baez;
  • David Bowie;
  • BB King;
  • Rolling Stones;
  • Sting, Scorpions;
  • U2; 
  • Paul McCartney;
  • Phil Collins;
  • Eric Clapton
  • Black Sabbath;
  • Judas Priest;
  • Bob Dylan. 

A presença da banda Queen no Live Aid foi lembrada recentemente pelo filme “Bohemian Rhapsody” como um dos principais shows realizados da banda. 

Os números de espectadores impressiona

Mais de 200 mil pessoas assistiram aos shows.

Dessa forma, Wembley contou com uma plateia de, aproximadamente, 82 000 pessoas e o Estádio John F. Kennedy recebeu 99,000 pessoas.

Além disso, cerca de 1,5 bilhão de telespectadores assistiram ao show pela TV, em mais de 100 países. Tal fato consagrou o evento como uma das maiores transmissões em larga escala via satélite da história. 

Na ocasião, o cantor e baterista Phil Collins, que se apresentou tanto no show da Inglaterra como dos Estados Unidos, fez uma proposta para que o dia 13 de julho fosse lembrado como o Dia Mundial do Rock. 

Mas infelizmente, a maioria dos países não levou a sério.

Porém, no Brasil, a 89 FM e a 97 FM, duas rádios paulistanas muito influentes do estilo musical, ficaram muito impressionadas com a magnitude dos concertos e atenderam ao pedido de Collins. 

Conforme as rádios produziam eventos comemorativos em São Paulo, outras cidades do Brasil começaram a comemorar o Dia do Rock.

E hoje em dia, muitos eventos acontecem em todo o país, sejam nas capitais, sejam no interior dos estados.  

Uma data polêmica

No resto do mundo, não há uma data específica para o Dia do Rock. Mas na verdade, nem mesmo os países que foram palco dos maiores shows do Live Aid aderiram.

Alguns especialistas chamam esta data de “arbitrária” e indicam diversas outras datas para comemorar esse dia, como a primeira vez que The Beatles tocou nos EUA. 

É uma pena que o Brasil seja o único país que tenha levado a sério o pedido de Phil Collins, que chegou a viajar da Inglaterra para os Estados Unidos para se apresentar nos dois shows. 

Na verdade, chamar a data de arbitrária é um erro, pois já que o evento reuniu a grande maioria das bandas que estavam estourando nos anos 80 para ajudar um país inteiro que estava em uma situação extremamente delicada. 

O Live Aid foi uma prova de que o Rock é capaz de unir as pessoas e tocar multidões. Uma prova disso é que a arrecadação ultrapassou, e muito, a estimativa que fizeram antes dos shows acontecerem. 

Se isso não é motivo para marcar o dia 13 de julho para sempre na história como o Dia Mundial do Rock o que mais pode ser?