Início Últimas Notícias Nacionais Mc Guimê e Cara de Sapato são indiciados por assédio pela Polícia...

Mc Guimê e Cara de Sapato são indiciados por assédio pela Polícia Civil do RJ

229

Nessa quarta-feira (26) a titular da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, delegada Viviane da Costa Ferreira Pinto, encaminhou o inquérito do caso de importunação sexual envolvendo o cantor Mc Guimê e o lutador Antônio Carlos Coelho, mais conhecido como Cara de Sapato, que ocorreu ao vivo no reality show Big Brother Brasil (BBB) de 2023.

O documento foi enviado para o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), onde a 2ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal de Violência Doméstica da Área Oeste vai decidir se os dois serão denunciados ou não pelo crime praticado contra a convidada do programa, a mexicana Dania Mendez. 

A defesa dos indiciados pela Polícia Civil, alegou que como a vítima não considerou as atitudes dos indiciados não eram assédio ou crime sexual, a delegada do caso está equivocada.

“A defesa discorda frontalmente do entendimento da delegada, porque, embora o crime de importunação sexual independe de iniciativa da vítima, o Estado e a lei penal não podem desprezar a manifestação clara, lúcida e espontânea da vítima no sentido de que, no seu juízo íntimo, não houve importunação, constrangimento ou desrespeito”, disse Ricardo Sidi, advogado de Cara de Sapato.

O caso dos ex-participantes, que foram expulsos devido ao assédio contra a vítima, segue sob sigilo na justiça.

Relembre o caso

O caso ocorreu durante uma festa que ocorreu no BBB 23, onde MC Guimê passou a mão em Dania Mendez sem seu consentimento. Já o lutador, forçou a participante a beijá-lo usando golpes de luta para imobilizá-la.

 

com informações do G1