Início Últimas Notícias Lançamentos Vitão lança novo EP “ATO 2: TODA MANHÔ, dando continuidade a seu...

Vitão lança novo EP “ATO 2: TODA MANHÔ, dando continuidade a seu álbum de estreia

223

Hoje, Vitão compartilha com seus fãs o segundo ato do álbum “ATO 2: TODAMANHÔ, uma obra que explora as perspectivas de mundo do artista.

Nessa parte do álbum, Vitão se conecta com uma faceta profunda de sua consciência e de seu coração. O trabalho incorpora uma variedade de estilos musicais, desde o pop rock até o reggae, passando pelo rap e MPB, com influências de bandas como Charlie Brown Jr.

O EP é composto por seis faixas, dando continuidade ao “ATO 1: TODAMANHÔ, lançado em abril. O álbum completo, que estará disponível ainda este ano, conta com um total de 18 músicas, divididas em três atos.

No primeiro ato, lançado em abril, o cantor contou com participações especiais de artistas como Ivete Sangalo, Mari Nolasco e Srta Paola. Cada uma das canções retrata ciclos que se iniciam e se encerram ao final da última batida, criando uma experiência completa para os ouvintes.

Faixa a faixa, por Vitão:

O álbum abre com “olhar pro lado”, uma música que tem produção assinada por mim e por Adelino Costa.

“Conexão” é um funk paulista com uma harmonia linda de violão, escrita e cantada ao lado de MC Pedrinho e produzida por DJ Murilo e LT no
beat. A música aborda a importância de uma boa conexão em todas as suas formas.

“Boombap” é um pouco mais sarcástica e agressiva, com referências até ao aclamado seriado “Todo Mundo Odeia o Chris”, onde eu incorporo minhas referências do rap. Produzi o beat da faixa junto com Nave.

“Tumeligou” é a primeira faixa produzida Felipe, é uma música sobre o término de um relacionamento e foi escrita junto sua parceira Srta Paola. Sou apaixonado pelas guitarras dessa música.

“Pra viver” é mais uma faixa produzida por mim. Nela eu trago a minha sobre as coisas, sobre filhos e sobre o que precisamos fazer para vivermos
plenamente.

Para finalizar esse ato com chave de ouro, temos “blues sonhador”, uma música mais melancólica que mostra um momento de fraqueza que todos nós temos de vez em quando. Não conseguimos ser 100% positivos o tempo todo. Faz parte sentir a impotência do ser humano em relação ao universo em alguns momentos.