Início Últimas Notícias Lançamentos Single “Masculinidade”, de Tiago Iorc, levanta reflexões sobre saúde mental dos homens

Single “Masculinidade”, de Tiago Iorc, levanta reflexões sobre saúde mental dos homens

149

Os fãs de Tiago Iorc e de Música Popular Brasileira (MPB) no geral foram surpreendidos nesta quinta-feira (11/11) com o lançamento do single “Masculinidade”.

Sumido desde julho de 2020 dos holofotes da fama, o artista reapareceu com um visual novo e uma letra impactante que entrega algumas possíveis razões para o seu “desaparecimento público”.

Na música inédita e autoral, que já está disponível em todas as plataformas digitais, Iorc levanta reflexões sobre a carreira, vida pessoal e a saúde mental dos homens que, sob a cultura da masculinidade, tendem a renegar a sensibilidade e defender a vocação de ser sempre viris, fortes e indestrutíveis.

A faixa é o primeiro lançamento fonográfico inédito do cantor desde junho do ano passado. No decorrer dos seis minutos da canção, Iorc fala sobre virilidade, insanidade virtual, machismo, medos, fragilidades, repressão de sentimentos, “padrões radicais”, “absurdos normais” e outros comportamentos que podem tornar um “homem macho”, “violento” e “sem amor”.

Masculinidade – Tiago Iorc

No refrão da música, o cantor enfatiza a importância do cuidado com a saúde mental: “[…] Cuida, meu irmão, do teu emocional. Cuida do que é real […]”. Nesse contexto, Iorc também aborda questões relacionadas aos males causados pelo vício da pornografia, além de outros assuntos que são objeto de estudo da psicologia.

Saúde mental dos homens

O single de Tiago Iorc traz luz a um assunto que vem sendo discutido por diversos estudos ao longo dos últimos anos: a saúde mental dos homens. Um artigo publicado pela Seguros Unimed — empresa que trabalha com serviços de seguro de vida, saúde e empresarial — aborda dados de uma pesquisa nacional que investiga o modo como a saúde mental é encarada no universo masculino.

Realizada em 2019 pela revista Saúde e o Instituto Lado a Lado pela Vida, o levantamento citado na publicação revela que 95% dos entrevistados se depararam com sentimentos negativos à época do estudo. Entre os mais citados, estavam: ansiedade, estresse, preocupações com a família, relacionamentos ou dinheiro.

Além do mais, um terço dos participantes da pesquisa acreditava que estar bem emocionalmente é o principal desafio para ter uma vida melhor e mais saudável.

“A falta de conhecimento sobre os próprios sentimentos foi um estereótipo incentivado durante muito tempo, em especial por parte dos homens. Há até um termo para isso: é a masculinidade tóxica”, alerta o artigo postado no blog da empresa.

Diante desse contexto, a música de Tiago Iorc presta um serviço de utilidade pública. No fim da letra, ele questiona: “Ser homem exige muito mais do que coragem / Muito mais do que masculinidade / Ser homem exige escolha, meu irmão / E aí?”, finaliza.

Artigo anteriorAdotada da MTV, beija cantor Eduardo Kaczan em seu novo videoclipe
Próximo artigoSantti lança versão eletrônica de hit do TikTok; Ouça “Mood”
Olá! Meu nome é Beatriz Chiessi e sou formada em Gestão Empresarial. Fã da Aggretsuko, apaixonada pelos filmes do Studio Ghibli, Simmer assumida e astronauta do Astroneer.