Início Últimas Notícias Lançamentos Sad Theory apresenta e disserta nova identidade visual minimalista

Sad Theory apresenta e disserta nova identidade visual minimalista

209
Sad Theory

A banda de death metal Sad Theory está concluindo as gravações de seu sétimo disco de estúdio, Léxico Reflexivo Umbral, a ser lançado ainda este ano. Preparando o público para o lançamento, a banda revela sua nova identidade visual minimalista como símbolo do empobrecimento das relações humanas. A arte da capa do próximo álbum, Léxico Reflexivo Umbral, seguirá a proposta.

O primeiro single do trabalho é “Canis Metallicus”, inspirado no episódio “Metalhead”, da renomada série da Netflix, Black Mirror. Um novo logotipo, após mais de duas décadas, foi criado pelo artista belga Christophe Szpajdel, que criou mais de dez mil logos, principalmente para bandas de death, black metal e ambient music, como Emperor, Old Man’s Child, Enthroned, Borknagar, Moonspell e Arcturus.

Sad Theory – “Canis Metallicus”

O baixista Daniel Franco traça um paralelo com suas obras anteriores: “O álbum anterior, ‘Entropia Humana Final’, acenava que o fim da humanidade era uma realidade. Não em seu sentido mais literal, biológico, pois como espécimes somos, numericamente, cada vez mais prevalentes. A humanidade, naquele contexto, é a capacidade do homem de, instintivamente, enxergar a si próprio em outro homem. De compartilhar seus sofrimentos e suas alegrias. De saber que há um elo que os une”.

“O século XX mostrou que tal conceito de humanidade não é capaz de resistir à canetada de um burocrata poderoso. Uma lei pode decretar que seu vizinho é seu inimigo, e que merece morrer. O seu instinto de sobrevivência, então, assume o controle e faz você se transformar no ser inumano que o burocrata desejara”, disserta o músico.