Início Últimas Notícias Internacionais RQntz e Berchi lançam “Hurting Me Inside” pela Controversia, com os vocais...

RQntz e Berchi lançam “Hurting Me Inside” pela Controversia, com os vocais de Siera

166

Falou em collab internacional, falou da CONTROVERSIA! Dessa vez, a gravadora une o brasileiro RQntz, responsável pelo remix de “Ainda Gosto Dela” do Skank e pelo remake de “Don’t Let Me Go”, feitos em parceria com Dubdogz, e o jovem produtor sueco Berchi, para o lançamento de “Hurting Me Inside” com letra e vocal da americana Siera.

Trazendo influências musicais suecas na composição da track, tudo começou após Berchi enviar uma demo ao brasileiro RQntz, que se empolgou com a ideia e prontamente convidou o sueco para a collab.

“Ele me apresentou um Slap House com um super vocal, que além de exclusivo, eu enxerguei muito potencial na vibe da letra mais EDM e no timbre de voz da Siera. Na hora tive algumas ideias de novos arranjos para os vocais, mudança na construção do instrumental e algumas timbragens marcantes”, detalha RQntz.

RQntz e Berchi – “Hurting Me Inside”

Ruy Quintiliano, a.k.a. RQntz, conta que os poucos elementos utilizados na composição da track foram escolhidos com bastante critério: um bass pesado e voltado para o Slap House, timbragens marcantes no bass e também nas melodias que acompanham o vocal acelerado da Siera, somadas a uma bateria um pouco mais ‘twisted’.

“Posso dizer que é um Slap bem diferente do que os gringos e brasileiros tem lançado, pois tem bastante da minha ID, com ‘requintes de crueldade'”, ele descreve.

Traduzido para o português, o nome da faixa significa “Machucando Por Dentro”, e essa é justamente a mensagem de “Hurting Me Inside”, que se baseia na tentativa de reconquistar o grande amor da sua vida.

Segundo RQntz e Berchi, é a track perfeita para quem quer reatar algum relacionamento no “Dia dos Namorados” ou fazer aquelas juras de amor eterno para a pessoa da sua vida, com bastante animação.

“O single transmite de forma sensual, passional e enérgica, aquele amor corroído dentro da pessoa, após um término de relacionamento intenso. Onde a pessoa que foi largada ainda possui um amor eterno pela outra”, finalizam.