Rap brasileiro: 13 nomes que estão bombando via streaming

    629

    Nos últimos anos, o rap brasileiro vem ganhando mais destaque na mídia e se posicionando como um dos gêneros mais ouvidos nas plataformas de streaming. E, claro, isso quer dizer que novos artistas estão surgindo a todo momento e entregando algumas rimas incríveis para os fãs.

    Logicamente, alguns rappers acabam se destacando mais do que os outros, mas o fato é que a cena tem muitas alternativas interessantes e diversas faixas com mensagens muito poderosas. Logo, se você curte o gênero é bom ficar de olho nas movimentações.

    Nesse sentido, resolvi montar esta lista para lhe apresentar 13 representantes de peso do rap brasileiro. Desse modo, você já vai ter uma boa ideia daquilo que os rappers do nosso país estão criando e poderá decidir se vai ou não se aprofundar no gênero. Detalhe: montei a lista com base na popularidade dos artistas nas plataformas de streaming… vamos conferir?

    Matuê

    Para abrir esta lista com representantes do rap brasileiro, resolvi citar o rapper Matuê. Esse artista tem sido um dos mais populares nas plataformas de streaming nos últimos tempos e costuma ser classificado como um dos símbolos do subgênero Trap.

    No início deste ano, Matuê lançou um excelente single e deu continuidade a um trabalho iniciado lá em 2015. Em outras palavras, podemos dizer que esse rapper já está na ativa há um bom tempo e continua garantindo a alegria dos fãs com belas faixas.

    Sidoka

    Também considerado como um expoente do Trap, Sidoka está na ativa desde 2015 e já tem alguns prêmios e belos singles para mostrar por que é um nome tão importante na cena. Ele começou a carreira postando suas canções sob o pseudônimo “Mike The Lowiez”, mas depois adotou o nome atual de forma definitiva.

    Vale ressaltar que o artista já possui uma boa quantidade de faixas de peso em seu currículo e até representou a cena no documentário “Música pelo Brasil: Trap”. Portanto, vale a pena conhecer o trabalho do talentoso Sidoka e colocar algumas faixas dele na sua playlist.

    Chris MC

    Após o lançamento da sua primeira mixtape, lá em 2017, Chris MC começou a ganhar notoriedade nas redes sociais e foi conquistando seu espaço nas plataformas de streaming. Logicamente, o rapper trabalhou duro para alcançar o status atual e, como muitos, venceu diversos “duelos” em diversos cantos do Brasil.

    Aliás, em 2017, quando começou a trabalhar com maior intensidade em sua carreira, o rapper venceu o torneio Mic Master Brasil, deixando claro que o “freestyle” é uma das suas principais forças. Sendo assim, é bom você não deixar de conferir o trabalho do cara.

    Hungria Hip Hop

    Falemos agora do veterano Hungria Hip Hop, que continua figurando entre os rappers mais populares nas plataformas de streaming e já conseguiu levar o rap brasileiro para outros países. Esse rapper começou sua carreira em 2005, mas só lançou sua primeira faixa em 2007 e ainda teve que aguardar alguns anos para realmente ser reconhecido.

    Como eu destaquei, Hungria conseguiu se tornar popular a ponto de realizar uma boa série de turnês fora do Brasil. Isto é, ele levou o rap nacional para os Estados Unidos e até para o Japão. Em suma, o trabalho desse veterano é um “prato cheio” para quem deseja se aprofundar no gênero.

    Teto

    Mostrando que as redes sociais têm potencial para projetar carreiras, Teto surgiu em 2018, quando diversas prévias das suas canções acabaram viralizando na web, por meio de canais no Youtube e perfis no TikTok e no Instagram. Depois disso, ele foi assegurando um lugar na cena do Trap.

    Outro detalhe interessante da carreira do rapper é o fato de ele ter acumulado um número assustador de seguidores nas redes sociais mesmo antes de lançar o seu primeiro single. Hoje, ele já conta com diversas faixas em seu currículo e continua sendo apontado como um artista para os fãs do gênero ficarem de olho.

    MD Chefe

    Utilizando com propriedade o poder das parcerias, MD Chefe conseguiu ampliar a sua popularidade nos últimos tempos de uma forma substancial. O rapper deu início à sua carreira em 2018 e, após ter “emplacado” alguns singles de sucesso, uniu forças com artistas como Marília Mendonça, Péricles e Lucas Lucco.

    Desde então, o artista vem sendo um nome muito comum nas listas das faixas mais tocadas na plataformas de streaming. E, claro, ele já recebeu alguns prêmios para provar que sua presença na cena é muito importante. Logo, é bom você dar uma olhada nos registros desse rapper também.

    Kawe

    Kawe é mais um artista que fez bom uso do potencial da internet para se projetar na cena do rap brasileiro. O artista “explodiu” em 2021, após uma das suas canções viralizar no TikTok. A projeção foi tão grande, que ele chegou a superar nomes como Anitta e Wesley Safadão nas plataformas de streaming.

    Conforme foi explicado pelo próprio Kawe, sua carreira começou com o funk e, por isso, ele une o trap ao seu “gênero raiz”, gerando assim um som com uma forte identidade. Lembrando que suas faixas continuam registrando números de “gente grande”, ou seja, vai valer a pena continuar seguindo o artista.

    Bielzin

    Com mais de 10 anos de carreira, o rapper Bielzin é mais um veterano que continua muito forte na cena e está sempre marcando presença entre os ícones do rap brasileiro nas plataformas de streaming. Esse artista também começou no funk, mas acabou transitando para o trap e viralizando na web.

    De acordo com vários veículos especializados, Bielzin é um dos precursores do chamado trapfunk (combinação de trap e funk), o que quer dizer que ele faz uso de gêneros distintos para criar canções com uma pegada bastante diferenciada. Não deixe de conferir.

    Orochi

    Vencedor de diversas batalhas de rap, Orochi é um veterano com mais de dez anos de carreira e três belos álbuns de estúdio em seu currículo. O artista também aposta no trap como sua especialidade, mas é um “rimador” de primeira, o que o torna uma “força a ser reconhecida”.

    Em 2022, Orochi chegou a ser um dos convidados especiais do palco Espaço Favela, do Rock In Rio, e deu um verdadeiro show. Além disso, suas faixas continuam registrando ótimos números nas plataformas de streaming. E mais, o artista também é uma “sensação” nas redes sociais.

    Filipe Ret

    Sendo um dos nomes mais populares do rap brasileiro, Filipe Ret não poderia ficar de fora de uma lista como esta. O artista deu início à sua carreira em 2003 e já tem seis álbuns em seu currículo (os três últimos registros já receberam certificação de platina).

    O trabalho do rapper também merece atenção por conta das letras que fazem uso de conceitos filosóficos, poesia e mensagens de pensadores famosos. Assim, quem decide conferir as faixas sempre se depara com diversas questões para refletir. Excelente!

    L7nnon

    Apesar de ter lançado um ótimo álbum em 2019, foi apenas após a estreia do segundo registro, intitulado “Hip-Hop Rare”, que o rapper L7nnon realmente ficou conhecido em todo o Brasil. No ano seguinte, ele ainda emplacou dois grandes hit e chegou a obter a certificação de diamante com uma colaboração especial (com Filipe Ret).

    Em 2022, o rapper chegou a ser uma das atrações do Lollapalooza Brasil e mostrou a todos por que é considerado como um dos maiores nomes do rap brasileiro na atualidade. Então, se você está a fim de se aprofundar na cena, é bom acompanhar o trabalho desse artista.

    Djonga

    Oferecendo canções dotadas de versos contundentes, Djonga é um dos rappers mais influentes do momento. De fato, as letras do artistas são bem diferenciadas e isso acabou chamando a atenção de muita gente, inclusive dos críticos e de nomes importantes da cena musical.

    Cabe destacar que o rapper deixa bem claro que o samba e o funk são fortes influências em seu trabalho e, claro, ele não deixa de fazer uso das canções para defender a cultura negra e levá-la para as massas. Sem dúvidas, esse é um artista que merece uma atenção especial.

    Xamã

    Para fechar esta lista com representantes do rap brasileiro que estão bombando via streaming, temos o ótimo Xamã. O rapper já está na ativa desde 2016, mas só começou a chamar a atenção de verdade após o lançamento do álbum “Pecado Capital”, em 2018.

    Daí, impulsionado pelo sucesso do referido disco, o artista lançou outros dois registros de peso e se consolidou como um dos ícones da cena. E só para constar, em 2021, ele chegou a entrar para o top 48 do mundo no Spotify com a faixa “Malvadão 3”.

    E agora é só começar a se aprofundar no rap brasileiro

    Como pôde perceber, a cena do rap nacional está cheia de artistas que estão bombando nas plataformas de streaming. E como a intenção foi mostrar artistas que ainda tem potencial para crescer mais, podemos dizer que teremos mais novidades desses caras no futuro.

    E é isso! Agora você tem um bom conjunto de “militantes” do rap brasileiro para curtir e já pode começar a se aprofundar mais no gênero. Por fim, peço que não deixe de compartilhar este post, com vistas a apresentar a minha seleção e os rappers citados aqui para mais pessoas. Até a próxima…