Início Últimas Notícias Internacionais Porter Robinson revela vídeo de “Mirror” de seu próximo álbum, Nurture

Porter Robinson revela vídeo de “Mirror” de seu próximo álbum, Nurture

246
Mirror, de Porter Robinson!

O produtor e compositor Porter Robinson compartilhou o videoclipe de sua última faixa, “Mirror”. É a terceira faixa lançada do próximo álbum de Robinson, Nurture.

No vídeo, Robinson usa a tecnologia de rastreamento facial Live2D para mapear seus próprios movimentos faciais no avatar desenhado à mão, capturando suas próprias expressões ao vivo e performance da música.

“Mirror”, que a Billboard colocou como “uma faixa de dance com um coração pulsante e ambições grandiosas”, sucede os remixes de “Get Your Wish” por DJ NOT PORTER ROBINSON e Anamanaguchi.

Assista Mirror, de Porter Robinson!

Marcando a terceira oferta do Nurture, sucede “Something Comforting”, que encontra Robinson em um momento de “introspecção melancólica” oscilando “entre produção em camadas pesadas e instrumentação moderada”, de acordo com a UPROXX, e “Get Your Wish”, elogiada pelo The FADER como “uma vislumbrante faixa que sobe até a euforia total.”

Em maio, Robinson participou do festival de streaming Secret Sky, marcando sua primeira apresentação em 2020.

O evento de 14 horas ao vivo, que Robinson criou como uma maneira de apresentar seu vasto público a novos artistas e dar a seus músicos favoritos uma plataforma para se apresentar, incluiu sets de G Jones, Jai Wolf, AI Kizuna, Madeon, San Holo, AG Cook, Anamanaguchi e vários outros.

A live foi transmitida através de um auditório digital construído com tecnologia de ponta e atraiu mais de 4 milhão de pessoas com o chat do Youtube apontando para 8,813 chats por segundo durante a performance de Robinson da inédita “Look at the Sky”.

Aos 18 anos, o produtor e compositor da Carolina do Norte entrou em cena em 2010 com uma marca especificamente magnética de batidas electro-house.

Seu álbum de estreia Worlds foi lançado quatro anos depois, em 2014, para um amplo sucesso crítico e comercial, estabelecendo Robinson como um dos pilares do pop eletrônico e um hábil artesão de “texturas lindas, histórias contemplativas e melodias notavelmente nítidas”, como The New York Times apontou.

O sucesso do álbum acabou dando a Robinson a chance de criar seu próprio festival de música, o Second Sky, de Oakland, um evento esgotado de dois dias que foi lançado no ano passado.

Após o grande sucesso de seu álbum de estreia, Robinson lançou o aclamado single “Shelter” com Madeon em 2016, seguido de uma Shelter Live Tour com 43 datas e cinco continentes.

No ano seguinte, em uma tentativa de mostrar seu crescente interesse pela arte interdisciplinar e pelo transe do Y2K, Robinson começou a lançar músicas sob um novo pseudônimo, Virtual Self, que levou à sua primeira indicação ao Grammy pelo single de sucesso, “Ghost Voices”.