Início Últimas Notícias Lançamentos Paige mergulha no R&B em seu novo EP, Imagina A Gente

Paige mergulha no R&B em seu novo EP, Imagina A Gente

209

“No final, a gente tá sempre falando de lovesong, de amor, de pegação, de afeto, de paixonite, de crush”. Os relacionamentos amorosos em suas diferentes configurações servem de inspiração para a cantora Paige em seu novo trabalho de estúdio.

Intitulado Imagina A Gente, o segundo EP da mineira chega por meio do selo MacacoLab, braço da produtora A Macaco – responsável pelo Festival Sarará e pela gestão de carreira do grupo Lagum.

A artista, que iniciou a carreira musical no canto erudito e hoje integra o grupo feminino de hip hop Fenda, utiliza a voz para embalar canções com forte referência do R&B. 4

Cada faixa do novo trabalho vem acompanhada de uma produção audiovisual, disponível no canal de Paige no YouTube.

Paige – Imagina A Gente

Com participações especiais de artistas pretos da cena do hip hop belo-horizontino, o EP prova a potência de Paige para traduzir suas referências de sonoridades mais urbanas em um universo pop.

“Imagina A Gente tem essa vibe de heartbreak em duas faixas do EP e as outras duas são mais amorzinho gostoso”, explica a cantora sobre a divisão do trabalho, pensada para refletir as diferentes nuances que podem atravessar os afetos.

O momento heartbreak do EP abraça, inclusive, a faixa-título “Imagina A Gente”, que conta com participação de Chris MC e que traz um eu-lírico que não sente vergonha de ser vulnerável.

A canção “Sem Segredo”, com o trapper Zulu, também entra nesse mood do EP e sintetiza o esforço de um dos lados para evitar conflitos. As duas composições surgiram anos atrás, em épocas diferentes da vida da artista, mas encontraram como ponto comum a complexidade dos relacionamentos.

“Eu escrevi a primeira quando estava terminando o ensino médio. Nesse momento, eu fiquei muito próxima do Chris MC e ele foi uma das primeiras pessoas pra quem eu mostrei a música. Já “Sem Segredo” traz um beat do Spider, feito há três anos. Na época ele mostrou pra gente e o Zulu disse que via a minha voz ali”, comenta.

Na faceta mais romântica de Imagina A Gente, Paige mergulha na liberdade do carinho sem um formato de relação especificado.

“Essa música fala de amor, mas não no sentido de ‘somos um casal’ ou de algo necessariamente monogâmico. A ideia é que você pode ter um carinho ou uma relação com o outro independente do formato. ‘Cafuné’ é uma palavra com identidade bem brasileira e representa essa vibe”, conta a artista, destacando o uso de elementos característicos da cultura nacional na construção de seus trabalhos. Essa potência de afetividade é complementada por “Pode Vim”, que marca a união de Paige com uma de suas companheiras do mob Fenda – a rapper Iza Sabino.

Na letra, as cantoras esbanjam a afinidade que levam na vida pessoal e celebram o laço que criaram em uma canção com “potencial para animar qualquer festa”.

“A Iza é uma das minhas melhores amigas e me traz o sentimento de querer brindar a vida com alguém, que é o que fazemos juntas. A música representa essa solidez do afeto e a alegria de estar com quem tem um lugar especial dentro do nosso coração”, pontua.

Com Imagina A Gente, Paige prova mais uma vez sua habilidade para construir pontes entre diferentes ambientes sonoros ao dar tons mais melódicos às influências da cultura hip hop, que ganham rumos amplos a partir da linguagem pop da artista.

Dessa forma, a cantora mostra o porquê de ser um dos nomes mais marcantes da nova cena belo-horizontina, seja ao lado da Fenda ou em carreira-solo.

Artigo anteriorBeren Olivia revela ‘Red Ripped Sweater’ e anuncia EP de estreia ‘Early Hours of the AM’
Próximo artigoJason Mraz lança clipe de “Be Where Your Feet Are”
Olá! Meu nome é Beatriz Chiessi e sou formada em Gestão Empresarial. Fã da Aggretsuko, apaixonada pelos filmes do Studio Ghibli, Simmer assumida e astronauta do Astroneer.