Início Últimas Notícias Internacionais Os Rolling Stones ameaçam processar Trump por usar suas canções de forma...

Os Rolling Stones ameaçam processar Trump por usar suas canções de forma indevida

360
Rolling Stones x Donald Trump
Rolling Stones x Donald Trump

Se você tem acompanhado a “novela” envolvendo músicos famosos insatisfeitos com a utilização das suas canções em comícios de Donald Trump, apresento aqui mais um emocionante capítulo…

Sim, dessa vez, os Rolling Stones resolveram mudar o tom das discussões, já que, aparentemente, os pedidos amigáveis não têm surtido efeito. Isto é, a lendária banda britânica está disposta a processar o Presidente do Estados Unidos… vamos conferir?

Rolling Stones x Donald Trump

Rolling Stones x Donald Trump

Quando Donald Trump começou a utilizar músicas em seus comícios, a banda The Rolling Stones foi uma das primeiras a pedir para que suas canções não fossem veiculadas nesses eventos. O pedido foi feito de forma amigável, nesse primeiro momento.

Depois disso, diversos artistas passaram a fazer o mesmo e a lista foi ficando cada vez maior. Rihanna, Panic! At The Disco, Tom Petty, Village People, Guns N’ Roses e por aí vai… Todos esses artistas solicitaram a não utilização das canções sem apelar para a justiça.

Contudo, no caso dos Stones, parece que o pedido não foi acatado e isso, claro, deixou os membros da banda furiosos. Daí, o discurso amigável mudou:

“Se Donald Trump desconsiderar a exclusão e persistir, ele enfrentará um processo por quebrar o embargo e tocar músicas que não foram licenciadas”, dizia o comunicado oficial.

De acordo com informações de jornais americanos, a equipe de campanha do Presidente dos Estados Unidos possui uma licença que dá o direito à reprodução de mais de 15 milhões de canções.

Todavia, uma cláusula desse contrato de licença prevê que faixas devem ser excluídas dessa biblioteca se o artista não permitir que sua obra seja executada.

Portanto, os Rolling Stones estão exercendo seus direitos e a situação pode parar nos tribunais, caso Trump e sua campanha continuem negligenciando os pedidos dos artistas. Enfim, a “novela” continua. Até a próxima…