Início Últimas Notícias Internacionais Líder do Village People proíbe Donald Trump de tocar canções da banda...

Líder do Village People proíbe Donald Trump de tocar canções da banda em eventos

797

Por conta de inúmeros fatores, Donald Trump tem visto a sua popularidade cair de uma forma considerável. E a classe artística é uma das mais insatisfeitas com a gestão do Presidente dos Estados Unidos.

Dessa vez, por exemplo, Victor Willis, líder da lendária banda Village People, resolveu proibir o político de fazer uso de canções do grupo em eventos. Pois é! Trump não poderá mais usar os hinos “YMCA” e “Macho Man”… vamos entender essa história?

Donald Trump e as canções do Village People

De acordo com algumas especulações, Donald Trump começou a fazer uso das canções do Village People, em certos eventos, com o intuito de melhorar sua imagem junto ao público gay.

Canções como “YMCA” e “Macho Man” são consideradas como hinos do público LGBTQ+ e sua utilização seria uma “jogada” para apaziguar os ânimos desse público, frente a algumas decisões e declarações de membros do governo Trump.

Para você ter uma ideia, na última aparição ao som de uma música do Village People, Trump estava acompanhado por Mike Pence, vice-presidente e defensor da chamada “cura gay”.

Embora os motivos para a utilização das canções jamais tenham sido revelados, as especulações começaram a incomodar o líder do Village People, que mudou de ideia e resolveu fazer o mesmo que outros artistas (Rihanna, Neil Young, Adele, etc.) fizeram, ou seja, proibir a execução das músicas.

A proibição do líder do Village People

Em fevereiro deste ano, Victor Willis foi questionado sobre o fato de que Donald Trump estava fazendo uso das canções da banda em eventos. Na ocasião, Willis alegou que não via problema algum, já que as canções “não estavam sendo usadas para um endosso específico”.

No entanto, frente a todas as ocorrências dos últimos meses nos Estados Unidos, Willis mudou de ideia e usou seu perfis nas redes sociais para enviar um recado para Donald Trump…

“Se Trump ordena que as forças armadas dos Estados Unidos disparem contra seus próprios cidadãos (em solo americano). Os americanos se levantarão em tais números fora da Casa Branca que ele pode ser forçado a sair do cargo antes da eleição. Não faça isso, Sr. Presidente! E peço que não use mais minha música em seus comícios, especialmente “Y.M.C.A.” e “Macho Man”. Desculpe, mas não posso mais olhar para o outro lado”, declarou o músico.

Com isso, o Village People passa a fazer parte de uma longa lista de artistas que já proibiram o senhor Donald Trump de fazer uso das músicas deles. Realmente, as coisas estão ficando complicadas para esse presidente. Até a próxima…

Artigo anteriorBono Vox reúne time de estrelas em nova versão da clássica “Beautiful Day”
Próximo artigoThe Killers lança versão de “Land of the Free” com novos versos contra o racismo
Saudações! Me chamo Yohan Bravo e sou um Ghostwriter que, vez ou outra, assina as próprias obras. Aqui no PurePop, eu contribuo escrevendo sobre uma das minhas grandes paixões: a música (mais precisamente, sobre o meu amado Rock and Roll).