Início Últimas Notícias Internacionais Kasabian libera comunicado oficial detalhando as circunstâncias da saída de Tom Meighan

Kasabian libera comunicado oficial detalhando as circunstâncias da saída de Tom Meighan

424
Kasabian Tom Meighan
Kasabian Tom Meighan

No início da semana, os fãs da banda Kasabian forma surpreendidos com a notícia de que o vocalista Tom Meighan iria deixar a banda por conta de “problemas pessoais”. A informação foi veiculada nos perfis oficiais do grupo britânico e, na ocasião, poucos detalhes foram revelados.

Agora, após uma série de eventos, o Kasabian resolveu voltar às redes sociais para emitir um comunicado oficial e apresentar os motivos que culminaram na saída de Tom Meighan… vamos entender essa história polêmica?

Tom Meighan e o caso de violência doméstica

Foto: Reprodução / Vídeo Jersey Evening Post
Foto: Reprodução / Vídeo Jersey Evening Post

Conforme eu destaquei, em um primeiro momento, a banda Kasabian alegou que Tom Meighan iria resolver “problemas pessoais” e, por isso, iria deixar a banda. No entanto, na manhã de ontem, 07 de julho, uma história começou a movimentar a web…

De acordo com alguns relatos, o músico, supostamente alcoolizado, teria agredido e causado diversas lesões à sua esposa, Vikki Ager. Além disso, as informações revelavam que a denúncia da agressão havia sido feita por uma criança (que assistiu a tudo).

Esse fato teria acontecido na noite do dia 09 de abril e, desde então, muitas coisas têm acontecido. Aliás, Meighan chegou a negar as acusações, mesmo após um vídeo com a agressão ter sido apresentado.

Bem, encurtando a história, o fato é que a situação foi parar nos tribunais e a audiência final aconteceu nesta semana e, como conclusão, Tom Meighan foi considerado culpado.

No fim, o músico admitiu ter agredido a esposa e foi sentenciado a uma pena de 18 meses de liberdade condicional e 200 horas de serviços comunitários. E foi após esse desfecho que o Kasabian resolveu emitir seu comunicado oficial.

O comunicado oficial da banda Kasabian

Foi por meio das redes sociais que a banda Kasabian resolveu apresentar a todos os detalhes inerentes à saída do seu vocalista. De modo geral, a mensagem deixou claro que a banda estava aguardando pela resolução, em vias legais, para comentar sobre o caso.

A mensagem revela a tristeza dos membros da banda por terem que tomar tal decisão, mas é firme ao ressaltar que eles não poderiam ser coniventes com qualquer tipo de violência doméstica ou outra forma de abuso. Confira…

“Agora que as questões legais se concluíram, nós podemos comentar sobre a saída do Tom Meighan do Kasabian. Ninguém da banda queria que isso acontecesse. Nós todos trabalhamos muito duro pelos últimos vinte e três anos e tínhamos grandes planos para o nosso futuro juntos. Estamos completamente de corações partidos. Mas não nos restou nenhuma escolha a não ser pedir que o Tom deixasse a banda. Não há absolutamente nenhuma forma de sermos complacentes com a sua condenação por agressão. Violência doméstica e abuso de qualquer tipo são totalmente inaceitáveis. Assim que descobrimos a respeito das acusações feitas contra o Tom, nós como banda decidimos que não poderíamos mais trabalhar com ele. Infelizmente nós tivemos que segurar essa informação até que ele fosse julgado culpado no tribunal. Fomos levados a acreditar que o Tom iria levantar as mãos (em sinal de rendição) e em seu comunicado contaria a todos o que ele fez mas ele escolheu não fazê-lo, levando vários fãs a interpretá-lo erroneamente. No fim das contas, por mais que o Tom tenha nos machucado, não somos a vítima de tudo isso. A violência doméstica é algo que nunca pode ser perdoado. Obrigado pelo apoio de vocês nesse momento difícil. Vemos vocês em breve. Kasabian”.

Com isso, o “caso Tom Meighan” foi resolvido e, para os fãs do Kasabian, as incertezas acerca do futuro da banda acabam ficando dolorosas. O que nos resta agora é ficar de olho em futuros pronunciamentos. Até a próxima…