Início Últimas Notícias Lançamentos Fundador do Toyshop, Val Santos lança 1º single de projeto solo; ouça...

Fundador do Toyshop, Val Santos lança 1º single de projeto solo; ouça “Fire”

340
Val Santos

O guitarrista e produtor Val Santos, responsável por uma das carreiras mais talentosas e versáteis do heavy metal brasileiro, se lança em uma nova aventura solo em 2021.

E essa jornada começa forte, com o single “Fire”, que chega nesta sexta-feira, 5, às plataformas digitais pelo selo Wikimetal.

A faixa, que é mortalmente veloz, busca inspiração em “Battery”, do Metallica, porém com uma técnica de afinação mais grave que o normal, em dó, para ficar ainda mais pesada.

Para atingir o resultado desejado, o produtor contou com a colaboração de Alexandre Grunheidt, vocalista e guitarrista da banda Ancesttral, no vocal, e de Yohan Kisser, integrante da banda Sioux 66 e filho de Andreas Kisser, do Sepultura, no segundo solo de guitarra.

Val Santos – Fire

Val ficou responsável pelo primeiro solo, pelos arranjos e pela produção da faixa, enquanto Rob Gutierrez (ex-Hollowmind, Silverage e FMSolo) foi o compositor da letra.

“Fire” é uma primeira homenagem de Val aos anos 1980, década em que começou a ouvir heavy metal e a conviver e trabalhar com bandas que despontavam no cenário brasileiro, como VIPER, Vodu e Volkana.

Nessa época, ele fundou sua primeira banda, Zuris, mas logo depois passou a ser baterista do VIPER, sendo responsável por muitos dos arranjos que podem ser ouvidos no álbum mais clássico da banda, Theatre of Fate (1989).

Mais tarde passou a tocar guitarra e formou o Toyshop com o baterista Guilherme Martin e o guitarrista Gabriel Weinberg.

A banda ficou popular nos anos 1990 ao combinar o som pesado e influenciado por Ramones com a linha melódica mais pop da vocalista Natacha, tendo sucessos como “Run Away” e “Everybody Crazy”, que fizeram parte da trilha sonora do sucesso de Hollywood Holiday in the Sun (2001).

Ao lado do VIPER e do Toyshop, Val conheceu palcos de diferentes partes do mundo, fazendo turnês pelo Brasil, América Latina e Estados Unidos ao longo das últimas 4 décadas

Agora, o músico e produtor buscou inspiração nestes anos para produzir materiais com renomados e novos nomes da cena do metal brasileiro.

É uma homenagem aos anos de ouro, mas também uma prova de que o gênero se mantém poderoso e mais vivo do que nunca.