Início Últimas Notícias Nacionais Anitta e Os Quebradeiras juntos nos palcos de Milão, Paris e Londres

Anitta e Os Quebradeiras juntos nos palcos de Milão, Paris e Londres

247

Da comunidade para o mundo: Os Quebradeiras – composto por Gustavinho, LC Quebradeira, RK e Zelé – foram recentemente convidados pela renomada estrela global Anitta para integrar sua turnê pela Europa.

Esta é a primeira vez que os artistas da Mousik terão a oportunidade de sair do Brasil, levando o funk e suas raízes culturais para os palcos internacionais de Milão (Itália), Paris (França) e Londres (Inglaterra).

Originários da periferia de Niterói, no Estado do Rio de Janeiro, o grupo surgiu inicialmente em batalhas de dança escolares e bailes comunitários, onde rapidamente se destacaram.

A notoriedade dos Quebradeiras cresceu rapidamente, transcendo o gênero funk e conquistando fãs por todo o Brasil com seus passos cativantes e o icônico uso dos chinelos Kenner. Hoje, acumulando cerca de 180 milhões de reproduções em plataformas de streaming e no YouTube, suas danças e músicas têm sido compartilhadas por pessoas comuns e celebridades em todo o mundo.

O convite para participar da turnê europeia da cantora veio após o grupo se tornar viral nas redes sociais. Os Quebradeiras embarcaram nesta quarta-feira, 26 de junho, e permanecerão na Europa até 8 de julho, prometendo levar muita energia e representatividade em cada apresentação.

“Estamos mais do que felizes, nem em nossos maiores sonhos imaginávamos um dia dançar com a Anitta e ainda na Europa! Vai ser a primeira vez que vamos sair do Brasil, estamos muito ansiosos para mostrar o nosso trabalho. Só temos a agradecer por tudo isso e se depender de nós, serão os shows mais animados de toda a turnê”, conta Lucas (LC Quebradeira), falando também pelo grupo.

Este marco na carreira dos meninos é um exemplo claro de que a cultura das comunidades pode alcançar o mundo. Da periferia de Niterói para os maiores palcos da Europa, estamos bastante orgulhosos por aqui. O grupo viaja, sem dúvida, levando a essência e a potência do funk brasileiro“, conclui Juliana Melo, chefe de Direção Artística da Mousik.